Premium Contabilidade Assessoria e Auditoria

Contabilidade no Distrito Federal

Abertura de Empresa

9 piores erros dos chefes jovens

Cada vez mais jovens vêm ocupando posições de liderança dentro das companhias. Se você está traçando um plano de carreira que passa por um cargo parecido, como assumir a gestão de uma equipe, é essencial conhecer os erros mais comuns para evitar que eles prejudiquem sua reputação e as relações no trabalho. Veja uma lista com os 9 piores erros de chefes jovens e aprenda a lidar com um cargo de liderança enquanto ainda se desenvolve profissionalmente.

 

1. Não se comunicar claramente

 

O segredo para assumir um cargo de liderança com sucesso é a comunicação. Por isso, os novos chefes devem se esforçar para serem claros naquilo que pedem à sua nova equipe. Se você está se tornando chefe agora, dedique-se a estabelecer uma relação positiva com seus novos colaboradores, deixando claro que você está aberto a novas sugestões, mostrando o que você espera deles e dizendo o que eles podem esperar de você.

 

2. Não desenvolver as habilidades certas

 

Muitas pessoas são promovidas por serem dedicadas, mas isso não significa que elas possuam as habilidades necessárias para liderar, o que faz com que elas sejam julgadas de maneira negativa. Se você acabou de chegar a um cargo mais alto e não quer que isso aconteça, faça uma análise honesta das habilidades necessárias para o cargo e descubra quais você possui e quais ainda devem ser desenvolvidas. Depois se preocupe em conseguir esses talentos.

 

3. Tentar estabelecer grandes mudanças

 

Como novo líder, é comum que você queira alterar os processos de trabalho com o objetivo de alcançar melhores resultados. Porém, fazer isso de uma vez só vai colocar a equipe contra você. Antes de tentar implantar novos métodos, dedique-se a criar laços com o seu time. Se aproxime dos colaboradores, mostre a eles que você é alguém confiável e justifique as mudanças com argumentos incontestáveis. Uma boa idéia é pedir sugestões sobre as idéias que você propõe.

 

4. Não discutir metas

 

Um bom chefe sabe aonde sua equipe quer chegar e como cada profissional pode contribuir para isso. Por esse motivo, é essencial que você discuta com cada um dos seus colaboradores as metas pessoais, voltadas para os objetivos da área ou da companhia e, ao mesmo tempo, visando o desenvolvimento profissional.

 

5. Apostar no excesso de amizade

 

Um bom relacionamento entre chefes e profissionais é essencial para que o trabalho seja realizado com qualidade. Em muitos casos, é até compreensível que essa relação ultrapasse os limites profissionais e se torne uma amizade. Porém, é preciso saber separar as coisas. Excesso de camaradagem no ambiente de trabalho diminui o senso de responsabilidade, fazendo com que seus colaboradores se sintam à vontade demais e comprometidos de menos. Dedique-se a manter um ambiente agradável, mas sem se esquecer do que será preciso alcançar. Deixe a amizade para o lado de fora do escritório.

 

6. Abusar do poder

 

Para novos líderes, pode ser muito fácil perder o controle e abusar do poder. Porém, isso acaba virando a equipe contra você mesmo. Em vez disso, procure apostar em uma estratégia diferente: seja consultivo. É claro que o poder de decisão ainda está completamente em suas mãos, mas que mal há em ouvir a opinião dos membros da sua equipe? Dessa maneira você aumenta a confiança e garante que as pessoas realizem seu trabalho com mais motivação e eficiência.

 

7. Deixar de dar feedback negativo

 

Para novos gestores é difícil criticar sua equipe diretamente e, por isso, eles acabam sendo muito vagos com feedbacks negativos. Porém, esse tipo de receio é muito prejudicial para o desenvolvimento da equipe. Por mais difícil que seja, esforce-se para passar feedbacks negativos com naturalidade, lembre-se de que eles têm como objetivo desenvolver o trabalho do time.

 

8. Deixar de dar feedback positivo

 

Para muitos chefes novos, apenas o feedback negativo é importante. Porém, a verdade é que ouvir coisas positivas sobre o trabalho é um ótimo estímulo para os profissionais. Por isso, não deixe esse tipo de oportunidade passar. Se algum dos seus colaboradores fez um trabalho que você considera de qualidade, vá até ele e diga isso.

 

9. Estar excessivamente na defensiva

 

Jovens gerentes tendem a ser inseguros quanto à sua autoridade e, em consequência, se sentirem ameaçados por opiniões divergentes. Com isso, acabam se tornando excessivamente defensivos. Porém, esse tipo de comportamento apenas reforça sua imaturidade. Em vez disso, mostre que você está disposto a ouvir opiniões diferentes sem que elas afetem sua autoridade. Inclusive, procure reconhecer quando as idéias de outros forem melhores que as suas próprias.

 

Fonte: Universia Brasil

 

Premium: Contabilidade, Assessoria e Auditoria
Setor Comercial Sul, Quadra 01, Bloco "i", Salas 702, 703 e 704, Edifício Central, Asa Sul, Brasilia, DF 70304-900
Tel.: (61) 3964-9328 / 3244-4605 / 3224-4041 / 99279-1914 (claro)