Premium Contabilidade Assessoria e Auditoria

Contabilidade no Distrito Federal

Abertura de Empresa

Como montar uma loja de calçados

Não é de hoje que as pessoas adoram se vestir bem. Sendo assim, empreendimentos lojistas ligados a vestuário tendem a crescer e a se manter no mercado. Entre estes, os calçados se apresentam forte nesta estatística de busca do consumidor e vêm como complemento neste leque de variedades que supre as necessidades básicas do vestuário. 

 

Neste contexto, montar uma loja de calçados pode ser uma ótima opção.

 

Perfil de um empreendedor lojista

 

Se você se interessa por calçados, não só pela qualidade e conforto dos mesmos, mas também pelas novas tendências, multimarcas e fornecedores dos calçados, você tem um forte perfil para render lucros nesse ramo. E se além do perfil adequado, você possui uma boa quantia em dinheiro para investir em um bom negócio? Não tenha dúvidas que junto a um bom planejamento, você poderá ser o mais novo proprietário de uma loja de calçados. Se você se enquadra na situação descrita, montar uma loja de calçados é para você.

 

Estudo de Viabilidade de Mercado

 

É importante saber que existem no mercado três tipos de lojas de calçados; A loja de multimarcas é aquela que oferece todo tipo de marca de sapatos aos clientes, a loja de franquias é aquela que negocia apenas as de marcas exclusivas e a loja de fábrica que oferece o produto da própria confecção.

 

Escolhido o tipo de loja que mais lhe agrada, tente associar o perfil da sua loja ao seu ponto de comércio. Ex: Caso seu ponto comercial seja no centro da cidade, provavelmente a que renderá mais será a loja de multimarcas. Já, se o seu ponto for em bairro nobre, caberá a de franquias. Mas, se a loja estiver situada em cidade ou ponto turístico, obviamente os calçados manufaturados ou artesanais produzidos pelos nativos da região serão os mais procurados.

 

Localize seus concorrentes e faça uma visita como cliente. Análise o preço, a qualidade, as promoções. Pergunte ao vendedor que tipo de calçado que eles vendem mais durante todo ano, não só em estações sazonal onde ocorrem oscilações de procura da clientela.

 

Avalie o serviço de vendas desde abordagem a atenção do vendedor, mais higiene do local, climatização e decoração. Procure nas vitrines e prateleiras se os calçados mais expostos têm haver com a região. Ex: região quente, sandálias, se frio, botas e calçados fechados.

 

Faça de sua loja de calçados referência no mercado

 

Apresente um plano de vendas e gestão logística diferenciados. Pense como um cliente exigente diante dos resultados da pesquisa que você realizou, analise onde e em quais ações, sua loja poderá apresentar excelência. EX;


•O que vem mais de encontro a carência do local que sua loja possa suprir?

•O que estar consolidado no presente e no futuro desta localidade com grande densidade de interesse de consumo?

•O local oferece transito amplo que diminua a velocidade dos passantes aumentando o impacto visual da vitrine? Não! O que eu posso trabalhar em comunicação visual para meu ponto ser percebido?

•Investir em funcionários qualificados

•Facilidade em formas de pagamentos

•Entrega de brindes no alcance de certa quantia em compras

•Criação de cadastro de clientes, mantendo-os informados sobre novidades da loja

•Conquiste o melhor fornecedor (es), faça uma análise fundamental deste para ao andamento de sua loja desde: Distancia física, referências, qualidade, custo do frete, capacidade de fornecimento, preço, prazo, forma de pagamento e entrega

•Seja Ético com seus clientes é valido dar uma olhada no código do consumidor, conheça seus parâmetros como empresário. São estas e entre outras ações interessantes que você poderá adequá-las ao seu investimento, criando seu diferencial.

•Financeiro

 

É fato que nenhum empreendimento começa da improvisação, o plano de negócios, figura como a primeira ação administrativa, por ser o que serve como base as demais ações de gestão.

 

Além do levante de custo com fornecedor, inclua outros como; serviços, dimensionamento de mercadorias, balcões, computadores, decoração, estoque, embalagens, máquinas e instalações e outros materiais necessário. E fique atento! Não cometa o risco de calcular o preço de venda da mercadoria a partir dos custos e não chegar a um valor competitivo em relação aos concorrentes. Você pode fazer o contrário, comece a partir do preço de vendas praticado na sua concorrência, identifique seus custos e calcule seus lucros. Se o lucro obtido a partir dos preços da concorrência não for satisfatório? Sua loja deverá diminuir os custos. Este tópico equivale a mais detalhes que você poderá adquirir em um plano de negócios completo.

 

Plano de Gestão administrativa

 

Abaixo, um plano de Gestão básico que poderá lhe render praticidade e qualidade;

 

Divida as ações, em Planejamento, Organização, Direção e Controle.

 

Planejamento

 

Defina sua missão- O que você almeja como referência para sua loja que desperte interesse da clientela?

 

Formule objetivos: Com quais ações em serviços ou qualidade, você poderá alcançar sua missão?

 

Defina os planos para alcance: onde você poderá buscar mobilização para realizar estas ações, desde: pessoas, tecnologia, serviços terceirizados, produtos qualificados e entre outros.

 

Programe as atividades: dias, horários, prazos e metas

 

Organização

 

Divida o trabalho: direção, gerência, caixa, vendas, estoque, limpeza, segurança e outros se necessário.

 

Designe as atividades: em horários, metas, dedicação e prazo.

 

Agrupe as atividades em setores e cargos: assim, você terá uma visão melhor para estruturar os funcionários em escalas e folgas. Válido, para loja que cumpre serviço de shopping ou turístico.

 

Definir autoridades e responsabilidade: essencial para uma sinergia ágil em serviços.

 

Direção:

 

Designar as pessoas: em cargos por qualificação e habilidades

 

Coordenar os esforços: Manter seus funcionários integrados e dedicados as suas funções.

 

Comunicar: Mantenha seus funcionários atualizados com mercado de tendências e perfil da sua empresa. É importante eles saberem bem qual o segmento da loja e objetivos da administração.

 

Motive: Indique palestras gratuitas sobre o varejo e tendência de moda a seus funcionários. Mostre que a busca por informação e atualização fazem a diferença.

 

Lidere: Com sabedoria, ouvindo seus funcionários e buscando melhorias.

 

Controle:

 

Defina os padrões: Que sua loja seguirá em vendas, recepção e serviços

 

Monitore e avalie o desempenho dos seus funcionários e serviços: Avalie o interesse de alguns por melhorias e o recompense com promoção de cargo.

 

Ação corretiva: o objetivo maior de planos e avaliação é levantar correções para qualificação e melhoria, sempre.

 

Antes de montar a loja de calçados e começar a oferecer seus produtos legalize, procure a junta comercial do Estado ou o cartório de registro de pessoa jurídica, você poderá consultar antes o site da Junta Comercial e relacionar os documentos que serão necessários levar. Passado pela Junta Comercial, você recebera o NIRE (número de identificação do registro de empresa) com NIRE será possível tirar o CNPJ feito pelo site da Receita Federal. Depois do seu CNPJ cadastrado procure a prefeitura para receber o Alvará de funcionamento. Procure também a Secretaria Estadual da fazenda para obter a inscrição Estadual do Estabelecimento, logo após, virá à inscrição do ICMS (Imposto sobre circulação de mercadorias e serviços) depois cadastro na Previdência Social e por fim o aparato fiscal para impressão das notas fiscais de mercadorias da loja, você poderá obtê-lo na prefeitura. Tudo em ordem e legalizado, a loja estar pronta para abrir as portas.

 

Divulgue sua loja de calçados com entrega de folders pela região, sinais de trânsito e demais pontos interessantes (se possível contrate promotores simpáticos para desenvolver esta ação). Válido também, Internet e rádio. No dia da inauguração realize boas vindas com promoções.

 

Ao montar a loja de calçados: Mantenha sua loja sempre atualizada com as tendências do mercado. Busque por palestras gratuitas de varejo, qualidade do produto, serviços, tendências e vitrine. Geralmente a CDL sempre oferece estas a interessados. Procure se cadastrar em fóruns da web sobre lojistas, nestes sempre há troca de idéias interessantes. Deixe disponível na loja para seus clientes uma caixa de sugestão para melhoria dos serviços. Realize reuniões interativas com seus vendedores uma vez por mês. Assim você humaniza sua administração dando espaço aos envolvidos para apresentar sugestões, praticidades e até correção.

 

E saiba que o sucesso acontece quando a oportunidade encontra a competência.

 

Premium: Contabilidade, Assessoria e Auditoria
Setor Comercial Sul, Quadra 01, Bloco I, Salas 702, 703 e 704, Edifício Central, Asa Sul, Brasilia, DF 70304-900
Tel.: (61) 3964-9328 / 3244-4605 / 3224-4041 / 99279-1914 (claro)