Premium Contabilidade Assessoria e Auditoria

Contabilidade no Distrito Federal

Abertura de Empresa

Empreendedorismo de Pai para Filho

Robinson Shiba deve muito do que conquistou como empreendedor ao apoio de seu pai. Hoje, o fundador do China in Box deposita a mesma confiança no filho.

 

Robinson Shiba chutou várias vezes ao gol e, muitas vezes, errou feio. Antes de abrir o China in Box, o paranaense de Maringá formou-se em odontologia, exerceu a profissão, mas não desistiu de um sonho que surgiu após uma viagem aos Estados Unidos: abrir uma rede de delivery de comida chinesa na caixinha. A idéia não foi bem recebida pela mãe, que insistia que ele mantivesse seus olhos na profissão de dentista. Seu pai, no entanto, frisava durante toda sua trajetória: “Eu acredito em você, filho”.

 

 

Ao Portal Endeavor, logo depois de sua participação no Day1 , o dono das redes de restaurantes China in Box, Gendai e Brevità disse que o pai agora colhe os frutos de tanta confiança depositada no herdeiro. “Ele está na empresa, cuida da parte mais chata e burocrática, dos contratos, e sempre está acompanhando o crescimento. Já me disse várias vezes, em festas e reuniões, que se orgulha bastante de mim. Continua acreditando nas minhas decisões”, explica.

 

Sobre seu filho mais velho, formado em hotelaria, Robinson recusou-se a dar uma chance para que trabalhassem juntos e garantiu que, se um dia isso acontecer, o garoto terá de passar por um processo seletivo como qualquer outro. “Eu acredito nele. É assim que eu tentei educá-lo, ele aceitou não trabalhar comigo, arrumou um emprego”, conta. Tanto comprometimento não veio só de nascença, foram muitos anos de altos e baixos, que culminaram em valores que hoje são pilares de seu negócio.

 

O mundo é redondo: hoje você está bem, amanhã talvez não

 

Apesar de possuir mais de 200 lojas do Grupo Trendfoods espalhadas pelo Brasil e um sonho cada vez maior de crescer, Shiba mantém os pés no chão quando o assunto é gestão e objetivos futuros. O China in Box passou por graves problemas, como durante o governo do presidente Fernando Collor, mas o empreendedor crê que uma situação desfavorável sempre pode virar uma ascensão se os valores continuarem os mesmos, tanto nas fases boas quanto nas ruins.

 

 “O mundo é redondo, hoje nós estamos em uma situação de crescimento, pode ser que a gente enfrente outro momento de declínio novamente, nunca se sabe. Mas o importante é acreditar e continuar. Seus valores têm de ser muito fortes e você tem que trabalhar e colocá-los em prática”, pontua.

 

Encare seus problemas de frente

 

A primeira loja China in Box foi aberta em 1992. Vinte anos depois, Shiba tem bem claro na cabeça quais são os pilares que sustentam sua cultura empreendedora. “Como o Edivan [Costa, também palestrante do Day1] falou, valores são necessários na empresa e em cada pessoa”, explica, referindo-se à apresentação do Empreendedor Endeavor, ex-jogador de futebol e motoboy.

 

“Eles são muito básicos: ética, comprometimento, transparência, cooperação e amizade. Problemas vão existir mesmo e você tem que enfrentá-los de frente. Não adianta postergar, porque quanto mais você posterga, maiores eles ficam. Um dia você vai ter que encará-los. Mais uma vez: acredite. Você tem que estar muito convicto nas decisões que você irá tomar, e ser proativo”, acrescenta.

 

Outra lição que Robinson tem para passar a quem está começando é não ter medo de botar a mão na massa. “Tem que implantar. Não adianta você fazer uma série de planos e ter uma ‘paralisia por análise’: analisar, analisar e analisar sem implantar nada. É preciso bater o primeiro prego para começar o negócio. Se não, principalmente hoje, com muito conteúdo e acesso a informações muito rápido, as pessoas terão as mesmas idéias que você. E vai levar quem fizer primeiro”.

 

Por Vinícius Victorino, da equipe de Cultura Empreendedora - Endeavor Brasil
Fonte: Endeavor Brasil

 

Premium: Contabilidade, Assessoria e Auditoria
Setor Comercial Sul, Quadra 01, Bloco I, Salas 702, 703 e 704, Edifício Central, Asa Sul, Brasilia, DF 70304-900
Tel.: (61) 3964-9328 / 3244-4605 / 3224-4041 / 99279-1914 (claro)