Premium Contabilidade Assessoria e Auditoria

Contabilidade no Distrito Federal

Abertura de Empresa

Tira-dúvidas sobre: Contabilidade para condomínios

Quem é o responsável pela contabilidade em condomínios?

Preferencialmente, os serviços contábeis devem ser executados por um profissional da área, registrado no Conselho Regional de Contabilidade (CRC) do estado da federação onde atua. Ele será escolhido pelos administradores do condomínio, em conjunto com os moradores ou comissão por eles formada.

Infelizmente, não há uma lei que obrigue os condomínios a contratarem um contador, desde que não exista uma empresa registrada, em que a participação desse profissional é obrigatória.

Existem agências de administração de condomínios e algumas delas fornecem serviços de contabilidade. Nesses casos, não é necessária a contratação de um contador, uma vez que a agência já disponibilizará esse profissional.

Qual é o papel do administrador do condomínio na contabilidade?

O administrador tem papel fundamental na contabilidade do condomínio. Ele será o responsável por enviar os dados e documentos essenciais ao contador, os quais servirão para a emissão dos relatórios contábeis e o cumprimento das demais obrigações.

Além disso, é papel dele supervisionar e monitorar as atividades do contador e, posteriormente, informar os demais condôminos sobre os trabalhos realizados.

Quais as normas contábeis aplicadas aos condomínios?

O nosso Código Civil estabelece algumas regras sobre a prestação de contas nos condomínios. No entanto, não existem leis específicas que tratem da necessidade de regras de escrituração contábil para esse tipo de sociedade.

Infelizmente, isso permite que alguns péssimos profissionais da contabilidade emitam relatórios superficiais e não elucidativos. Existem aqueles que sequer emitem algum tipo de relatório para a administração.

Como os moradores controlam a contabilidade?

A principal forma de conhecer e manter controle sobre a contabilidade do condomínio é participar das reuniões, em que são apresentados os relatórios contábeis enviados à administração.

O morador que tem conhecimento técnico na área contábil pode verificar todas as informações contidas nos relatórios emitidos e solicitar, se necessário, mais esclarecimentos sobre pontos que julgar importantes ou sujeitos a falhas.

Quais são as principais fraudes em condomínios e como a contabilidade ajuda a evitar?

As fraudes em condomínios ocorrem, principalmente, na compra de produtos, que por sua vez podem ser majorados ou sequer existirem.

Uma boa consultoria contábil pode combater essas fraudes, uma vez que ela cruza as informações de compra e venda com os pagamentos realizados, além de controlar todas as receitas auferidas em determinado período.

Com isso, tanto o morador quanto o administrador têm acesso a toda a movimentação financeira do condomínio, podendo encontrar facilmente possíveis desvios ocorridos.

Quais são as características principais do contador?

A primeira característica do profissional que atuará na contabilidade do condomínio é a experiência.

Como foi mencionado neste artigo, não existe uma norma específica contendo as práticas contábeis que deverão ser adotadas nos condomínios. Portanto, os moradores e administradores podem contar somente com a experiência do profissional em gerar os documentos e relatórios importantes.

Além disso, é necessário que o contador seja pontual no cumprimento dos prazos estabelecidos para a entrega dos relatórios, bem como os forneça corretamente, de forma a traduzir a realidade do condomínio para os administradores e moradores.

Dicas para manter uma boa gestão da sua clínica médica

 

Então confira 3 dicas de ouro abaixo e avalie o que você tem feito e o que ainda deve melhorar na sua clínica médica:

1 – Modernização: é preciso sempre observar se seus processos estão defasados. A tecnologia tem sido uma grande aliada das clínicas. Sistemas informatizados reúnem as informações de clientes em um só lugar, assim como os sistemas financeiros e fiscais podem organizar suas rotinas administrativas, reduzindo a margem de erros. Além disso, como é feito o contato com seu cliente? As mensagens de texto e até mesmo aplicativos podem agilizar confirmação de consultas, por exemplo. Avalie onde a tecnologia pode ajudar você a modernizar sua clínica, otimizar seu tempo e reduzir erros.

2 – Prontuários médicos: sabemos que a lei exige que os prontuários de seus pacientes sejam arquivados por 20 anos, no mínimo. Por isso, uma boa alternativa é investir no Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP), que soluciona o problema do grande volume físico de arquivos e ainda armazena esses documentos com muito mais segurança e praticidade. E é válido lembrar que, se for investir nesse sistema, é importante verificar se ele já possui a opção de armazenamento legal, ou seja, que pode substituir a documentação impressa que você já possui por versões digitalizadas.

3 – Faltas e desistências dos pacientes: quando um paciente falta ou desiste da consulta, afeta diretamente as finanças da empresa, além de atrapalhar toda a agenda médica. Por isso, você pode aproveitar algumas estratégias para evitar esse problema. Novamente nesse ponto a tecnologia pode ajudar bastante. Utilizando meios digitais de comunicação, como emails, mensagens de texto ou notificações em aplicativos, para lembrar horários de consultas e exames, é possível reduzir em até 70% o absenteísmo nas clínicas, conforme informações do ClinicWeb.

Está pronto para aplicar essas 3 dicas na gestão da sua clínica médica? Analise cada ponto e compare resultados para entender organizar seu consultório e crescer sem riscos. E para a gestão trabalhista, contábil e fiscal, entre em contato com a Premium e conte com a nossa equipe especializada no seu segmento.

Subcategorias

Premium Contabilidade
Setor Comercial Sul, Quadra 01, Bloco I, Salas 702, 703 e 704, Edifício Central, Asa Sul, Brasilia, DF 70304-900
Tel.: (61) 3964-9328 / 3244-4605 / 3224-4041 / 99279-1914 (claro)
Facebook linkedin twitter Instagram Atendimento Online