Premium Contabilidade Assessoria e Auditoria

Contabilidade no Distrito Federal

Abertura de Empresa

5 dicas de quem saiu da faculdade com o sonho de ser empreendedor

O artigo de hoje foi escrito pela equipe do Tá Tri, buscador online de imóveis

 

Não sei se é assim com todos os empreendedores, mas eu entrei na universidade querendo ser publicitária e saí sonhando em ser empreendedora. Tenho certeza que isto aconteceu com, no mínimo, mais 4 pessoas: os meus quatro sócios.

 

Queríamos ser empreendedores, mas não sabíamos o que empreender. Depois de muito procurar, encontramos um nicho de negócio e criamos um buscador de imóveis em Porto Alegre, que depois expandiu para outras cidades do RS.

 

Neste ano, completamos 5 anos e nos reunimos para responder a seguinte pergunta: Com base na nossa experiência, o que diríamos para um formando que estivesse saindo da faculdade hoje com o sonho de ser empreendedor?

 

Desta reflexão conseguimos extrair uma dica de cada um dos nossos sócios, veja quais foram:

 

1. Escolha uma área para empreender que tenha alguma relação contigo (Rodrigo Robert | Gerente de Projetos)

 

No Tá Tri, escolhemos o mercado imobiliário mais pela oportunidade que visualizamos ao não encontrar um agregador de ofertas aqui em Porto Alegre, do que pela nossa proximidade com esta área. Na verdade, não tínhamos qualquer relação com o mercado imobiliário: não sabíamos nem mesmo qual era o percentual que corretores/imobiliárias cobravam nas operações de compra/venda de imóveis.

 

Tivemos que dedicar muito tempo e esforço para aprender sobre o segmento que estávamos entrando. Foi um grande aprendizado para toda a equipe. Ainda há muito que aprender, mas hoje podemos dizer que compreendemos o mercado e seus players.

 

Então minha dica é esta: empreenda em uma área que já conheças ou que tenhas uma mínima noção. Pode parecer besteira, mas isto vai facilitar muito tua sobrevivência no negócio!

 

2. Tenha a certeza que algo dará errado e tenha força para dar a volta por cima (Gustavo Frainer | Desenvolvedor)

 

Não é regra, mas boa parte dos grandes empreendedores fracassaram antes de atingir o sucesso. Aproveite o fracasso para aprender e fazer melhor.

 

O empreendedor aprende com os erros. Também é importante reservar forças para dar a volta por cima.

 

Várias vezes, no Tá Tri Imóveis, percebemos que estávamos indo no caminho errado e foi preciso mudar a estratégia e recomeçar. Já tivemos até que adiar planos por conta de necessidades mais imediatas. É um pouco decepcionante, mas uma ótima oportunidade para pensar no que estamos fazendo e aprimorar a ideia.

 

Nosso maior fracasso foi não termos sido aprovados no PRIME, um programa de subvenção econômica do governo. Ficamos quase um ano escrevendo o projeto e a decepção foi grande. Isso aconteceu no segundo ano da empresa.

 

Apesar disso, por termos muita convicção  no negócio, conseguimos seguir adiante e completar nosso quinto ano.

 

3. Acredite na sua idéia e seja humilde (Eduardo Zamin | Sócio Investidor)

 

Acredito que o segredo do sucesso é acreditar na ideia, amar e lutar para que ela se concretize. Porém, muitos confundem amar com uma espécie de posse cega.

 

É mais ou menos como a relação entre pais e filhos. Amar é orientar o desenvolvimento e as potencialidades. Pais possessivos oprimem tentando impor suas vontades.

 

Amar sua ideia de negócio é querer torná-la viável de qualquer maneira. Se formos possessivos, ficaremos cegos, sem enxergar falhas e problemas. O que pode ser sinônimo de fracassos irreversíveis e muito prejuízo.

 

Seja humilde para ouvir as opiniões dos outros e analisá-las profundamente. Se aquele amigo te disse que o negócio não vai dar certo, não o chame de negativo. Questione por que ele acha que não dará certo, entenda seu ponto de vista e seja humilde para aceitar que ele está querendo te ajudar. Busque soluções viáveis para os argumentos das pessoas que dizem que o negócio não vai dar certo. Não significa abandonar a ideia, mas viabilizá-la.

 

4. Encontre sócios que compartilhem sonhos e interesses (Guilherme G. Schneider | Comercial e Desenvolvedor)

 

Para mim, o mais importante é formar um grupo de amigos que compartilham o mesmo desejo de serem empreendedores. Manter este grupo ativo é fundamental para conversar sobre ideias e possibilidades. O grupo também vai lhe ajudar a conhecer as pessoas e ver com quais perfis você se identifica para ter como sócio.

 

A escolha de um sócio não deve se basear apenas na amizade ou companheirismo. Nem sempre seu melhor amigo será um bom sócio. Arrisco dizer que o mais difícil, quando se começa a empreender, é achar pessoas comprometidas e confiáveis para abraçar a ideia e trabalhar junto conosco.

 

Seus sócios precisam sonhar com você e é preciso objetivos similares. É recomendável que a escolha seja muito bem feita e pensada. Muitas empresas tem alto potencial de sucesso e só não dão certo por que os sócios tem interesses e expectativas diferentes, que não estão alinhadas. Isso infelizmente pode acabar com um próspero negócio.

 

5. Saia do Lugar e coloque a mão na massa (Lígia Buchfink | Comunicação e Marketing)

 

Acredito que o empreendedor precisa vencer a inércia todos os dias e sentir o negócio vivo em si. Para isso é preciso fazer, vestir o uniforme. Ser o primeiro a chegar e o último a sair.

 

Não deixe seu funcionário sozinho, esteja presente para que ele tenha certeza que pode contar com você. Faça com que perceba que está por dentro das dificuldades dele e que vai buscar a solução.

 

Se você é o empreendedor, você é o líder e o responsável pelo sustento da equipe que trabalha com você. Não é apenas um negócio, é um sonho e são vidas que estão acreditando neste sonho com você. Esteja presente, assuma a responsabilidade, aprenda a delegar e terá parceiros (funcionários, sócios e clientes) lutando com você para que sua empresa prospere.

 

Conclusão:

 

Uma idéia, 5sócios, 5anos.Tentamos com esta reflexão extrair o que de mais importante cada um de nós aprendeu com o empreendedorismo para compartilhar com aqueles que ainda sonham em serem empreendedores e também com os que já o são. Afinal, toda experiência nos ensina alguma coisa.

 

Tomara que nossas pequenas dicas sejam úteis e os ajudem em algum aspecto.

 

Abraços,
Equipe Tá Tri

Fonte: www.saiadolugar.com.br

 

Premium: Contabilidade, Assessoria e Auditoria
Setor Comercial Sul, Quadra 01, Bloco I, Salas 702, 703 e 704, Edifício Central, Asa Sul, Brasilia, DF 70304-900
Tel.: (61) 3964-9328 / 3244-4605 / 3224-4041 / 99279-1914 (claro)