Premium Contabilidade Assessoria e Auditoria

Contabilidade no Distrito Federal

Abertura de Empresa

CONTABILIDADE TRABALHISTA: DESCUBRA AGORA COMO FUNCIONA

 

Toda empresa tem por obrigação manter em dia e assegurar todos os direitos trabalhistas de seus colaboradores. E quando tocamos nesse ponto necessariamente precisamos levar em conta como funciona a contabilidade trabalhista.

Isso porque é através da contabilidade que pode se manter em ordem algumas das principais rotinas contábeis e administrativas da empresa. Tendo como principal a legislação trabalhista brasileira e suas diretrizes.

Por isso, é fundamental que a empresa possua profissionais qualificados que conheçam todas as exigências de uma folha de pagamento. Seja com guias ou impostos obrigatórios. 

Mas como funciona a contabilidade trabalhista exatamente? Quais as principais obrigações trabalhistas e tributárias? E como a tecnologia pode ajudar na prática?

Neste artigo te ajudamos a entender o que é a contabilidade trabalhista e como ela funciona. Confira!

O conceito da contabilidade trabalhista

Para saber como funciona a contabilidade trabalhista precisamos saber exatamente qual sua funcionalidade dentro da empresa.

contabilidade trabalhista tem como premissa cumprir todas as obrigações legais que a empresa tem para com seus trabalhadores.

 

E isso envolve todos os detalhes em torno da folha de pagamento, com o pagamento de férias, salário, décimo terceiro, multas rescisórias, entre outras obrigações trabalhistas.

E não só isso, empresas no Brasil tem como dever assumir as chamadas obrigações tributárias principais e acessórias. As principais se referem aos tributos pagos ao governo e acessórias fazem parte do recolhimento dos pagamentos ao governo.

Quais são as tributações trabalhistas

E para saber como funciona a contabilidade trabalhista é necessário conhecer quais as obrigações trabalhistas em relação aos empregados. Conheça algumas delas abaixo, que podem ser tanto mensais como anuais.

DIRF

DIRF (Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte) é uma obrigação tributária por parte das empresas, que comprova os pagamentos dos impostos retidos na fonte. A DIRF funciona na fiscalização da Receita Federal, evitando possíveis sonegações de impostos.

Ela se encaixa como uma obrigação tributária acessória, de responsabilidade das empresas, que no caso são as fontes pagadoras.

Um detalhe importante é que a empresa tem por obrigação repassar aos seus colaboradores os valores recebidos no ano, para que eles façam sua declaração pessoal.

RAIS

RAIS (Relatório Anual de Informações Sociais) é um documento obrigatório apresentado por todas as empresas cadastradas como pessoa jurídica. A RAIS surgiu por meio do Decreto 76.900 de 23 de dezembro de 1975.

 

Esse relatório é como se fosse um coletor de dados que será apresentado ao Ministério do Trabalho anualmente, para que eles tenham um cenário do mercado de trabalho. Com base nesses relatórios o governo pode criar projetos e ações referentes ao trabalho no país.

CAGED

O Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) tem como objetivo funcionar como um banco de dados, que é atualizado pelas empresas mensalmente.

No caso são informadas as admissões e demissões da empresa para que assim o governo tenha um controle geral sobre o número de empregados e desempregados.

E nesse caso de atualização do CAGED é extremamente importante saber como funciona a contabilidade trabalhista e suas regras.

Isso porque é essencial saber que são apenas cadastrados funcionários do regime CLT, trabalhadores temporários e profissionais do Estatuto do Trabalhador Rural. Não entram nesse banco de dados, por exemplo, autônomos, estagiários, trabalhadores eventuais e etc.

GFIP

GFIP (Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social) é um documento fundamental para garantir algunsbenefícios previdenciários ao trabalhador. Ele serve como um guia que contém informações dos segurados da Previdência.

Por meio dele é mais fácil e seguro o acesso da Previdência aos dados do empregado, como as remunerações recebidas e o tempo de contribuição. A GFIP substituiu a GRE (Guia de Recolhimento do FGTS).

 

GPS

GPS (Guia da Previdência Social) é um documento a ser pago pela empresa que se refere ao Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).

Esse recolhimento, descontado do salário do empregado, é que garante inúmeros benefícios previdenciários como aposentadoria, auxílio doença, auxílio maternidade e etc.

O pagamento do GPS é feito mensalmente e as alíquotas dependem do tipo de trabalhador e do salário que ele recebe.

O que levar em conta na contabilidade trabalhista

Existem alguns pontos importantíssimos para se levar em conta quando falamos sobre como funciona a contabilidade trabalhista. Desde a importância de profissionais qualificados até a automatização dos processos burocráticos para evitar erros. Conheça três deles!

1. Tecnologia e a contabilidade trabalhista

Investir em tecnologia não só reduz o tempo de execução das tarefas, mas também oferece maior segurança e diminui as chances de erro nos processos. E quando a empresa sabe como funciona a contabilidade trabalhista ela reconhece que cada detalhe é crucial.

softwares de contabilidade trabalhista podem dar maior amplitude aos dados, oferecendo relatórios mais eficientes e corretos. Isso porque numa mão de obra manual, por exemplo, o trabalho repetitivo pode gerar erros, ocasionados por cansaço, falta de atenção e etc.

 

Portanto, no mercado atual, automatizar a contabilidade trabalhista pode facilitar esse processo tão importante da empresa perante a lei.

2. A importância de profissionais qualificados

qualificação profissional é essencial para a contabilidade trabalhista de uma empresa. Por esse motivo, contar na empresa com profissionais qualificados é um grande diferencial para que não sejam cometidos erros ao longo do processo.

Mas não só isso, esses profissionais precisam se manter sempre atualizados, devido a possíveis mudanças trabalhistas, como a reforma trabalhista que ocorreu em 2017.

O preparo depende, dessa forma, de uma atualização profissional constante desses trabalhadores por meio de treinamentos, workshops, cursos e etc.

3. Conhecer a Reforma Trabalhista é essencial

Só saber como funciona a contabilidade trabalhista não exime a empresa de erros, já que é necessário se manter atualizado com asmudanças trabalhistas constantes. Uma das mais recentes, de 2017, impactou a contabilidade de muitas empresas.

Alguns dos principais pontos de mudança que influenciaram a contabilidade trabalhista foram:

  • Rescisão de contrato através de acordo;
  • Flexibilidade nos horários de trabalho;
  • Parcelamento das férias, que podem ser dividas agora em três vezes;
  • Terceirização da mão de obra.

Sendo assim, é preciso não só que os profissionais do setor saibam como funciona a contabilidade trabalhista, mas estejam atentos as mudanças na lei. Isso é fundamental para que haja um respeito no relacionamento profissional com os contratados e com a justiça.

Premium: Contabilidade, Assessoria e Auditoria
Setor Comercial Sul, Quadra 01, Bloco "i", Salas 702, 703 e 704, Edifício Central, Asa Sul, Brasilia, DF 70304-900
Tel.: (61) 3964-9328 / 3244-4605 / 3224-4041 / 99279-1914 (claro)