Premium Contabilidade Assessoria e Auditoria

Contabilidade no Distrito Federal

Abertura de Empresa

O que é o Terceiro Setor?

O Terceiro Setor é o espaço ocupado especialmente por organizações da sociedade civil (privadas, não governamentais), sem fins lucrativos ou econômicos, de interesse social ou coletivo, constituídas basicamente na modalidade de associações e fundações privadas, que tem como objetivo gerar serviços de interesse público. 

 

Com a crescente decadência do Estado em relação às questões sociais, o primeiro setor - governo, juntamente com o segundo setor - empresas privadas,  firmam parcerias  financiando inúmeras instituições que compõem o chamado terceiro setor.

 

Nas décadas de 70 e 80, a sigla ONG – Organização não Governamental era geralmente utilizada para designar toda organização social. Atualmente a essa expressão está em desuso, salientando que do ponto de vista jurídico o termo ONG não se aplica, isto porque essas organizações juridicamente se constituem sob a natureza de associações ou fundações privadas ou, ainda, sob a natureza jurídica de organizações religiosas.

 

As entidades beneficentes são as operadoras de fato, cuidam dos carentes, idosos, meninos de rua, drogados e alcoólatras, dando-lhes suporte aos desamparados, cursos profissionalizantes, atividades esportivas e culturais, assistência médica e psicológica.

 

Muitas entidades sem fins lucrativos são enquadradas como empresas do terceiro setor, mas na realidade geram lucro ou atendem os interesses dos próprios usuários. Um clube esportivo, por exemplo, é sem fins lucrativos, mas beneficia somente os seus respectivos sócios.

 

Muito se fala em responsabilidade social, mas pouca gente sabe o significado literal da palavra. Responsabilidade social, no fundo, é sempre do individuo, nunca de uma empresa jurídica, nem de um Estado impessoal. Caso contrário, as pessoas repassariam as suas responsabilidades às empresas e ao governo, ao invés de assumirem para si. Mesmo conscientes disso, vivem reclamando que os “outros” não resolvem os problemas sociais do Brasil.

 

No mundo inteiro, as empresas contribuem somente com 10% da verba filantrópica global, enquanto as pessoas físicas, notadamente da classe média, doam os 90% restantes. Mesmo nos países altamente desenvolvidos, existem entidades que prestam apoio principalmente nas causas internacionais prestando ajuda aos países pobres.

 

Um exemplo disso são duas instituições japonesas, uma delas é a JETRO – Japan External Trade Organization, órgão que tem como objetivo promover e auxiliar os países em desenvolvimento, planejando e criando soluções para a melhoria das comunidades.

 

Outro órgão japonês é a JICA – Agência de Cooperação Internacional do Japão, que tem como objetivo a implantação da assistência para o desenvolvimento contribuindo para a paz e o crescimento da sociedade internacional, trabalhando nos desafios que acompanham as mudanças climáticas e questões relacionadas à água, alimentos e doenças infecciosas, redução da pobreza e crescimento justo.

 

Fonte: www.contabeis.com.br 

Premium: Contabilidade, Assessoria e Auditoria
Setor Comercial Sul, Quadra 01, Bloco "i", Salas 702, 703 e 704, Edifício Central, Asa Sul, Brasilia, DF 70304-900
Tel.: (61) 3964-9328 / 3244-4605 / 3224-4041 / 99279-1914 (claro)