Premium Contabilidade Assessoria e Auditoria

Contabilidade no Distrito Federal

Abertura de Empresa

Saiba o que fazer antes de investir em uma franquia

Um dos reflexos da crise econômica brasileira é o aumento significativo das demissões. Para muitos, é a oportunidade de aproveitar a indenização recebida e investir numa Franquia. “O sistema oferece diversas possibilidades de ‘virar patrão’ Há negócios para todos os bolsos”, diz a consultora jurídica Melitha Novoa Prado, que atua neste mercado há mais de 25 anos. “Independentemente do montante a ser investido, quem não avaliar a proposta de negócio da maneira correta, corre o risco de perder todo o seu dinheiro”, adverte.

Com base em sua experiência, Melitha Novoa Prado criou um roteiro de avaliações para que o investidor interessado em adquirir uma franquia não corra o risco de perder seu dinheiro:

1) É preciso sempre investigar antes de investir. E isso não se resume apenas a obtenção de dados e informações em forma de números, planilhas e procedimentos. O que é tão relevante quanto isso é saber sobre a qualidade de relacionamento que o franqueador possui com a rede de franquia. A informação pode ser obtida com outros franqueados da rede.

2) Não compre por impulso. Analise bem o mercado, o seu perfil como profissional, suas habilidades e aptidões e reflita internamente se o sistema de franquia cabe em sua vida. Franquia é para todos, mas não é para qualquer um!

3) Entenda bem o negócio. Ele tem a ver com você? A forma de trabalho lhe agrada? Existe alguma coisa que o incomode na operação do negócio? Quem não gosta de cozinha ou de manipular alimentos, não pode comprar uma franquia de alimentação. Um exemplo simples: se você comprou uma franquia se alimentação, terá que usar uma touca para entrar na sua cozinha. Isso lhe desagrada? Mau sinal…

4) Não se esqueça: franquia também é um negócio de risco. Não existe franquia risco zero e garantia 100%. Mais motivo para que você estude, investigue e reflita bem antes de tomar a sua decisão.

5) Você tem alguma dificuldade em se relacionar? Possui habilidade para falar? Possui alguma resistência para escutar? Gosta de pessoas? Se sente bem motivando pessoas? Consegue entender os sentimentos negativos do outro? Tudo isso deve ser levado em conta. Se houver dificuldades nestes aspectos, é sinal de problema à vista caso entre numa relação de franquia.

6) Ter um negócio próprio no qual você tem que seguir padrões e se conformar com regras lhe afligem? O cerceamento de sua liberdade como gestor lhe dá algum desconforto? Você se sente tranquilo e seguro possuindo um franqueador que lhe impõe procedimentos? Você se incomoda de ser avaliado pelo franqueador? Ser franqueado é seguir padrões. Se a sua vontade é agir com liberdade, seguindo suas idéias e convicções, a franquia pode ser frustrante para você.

Fonte: Empreendedor

 

Premium: Contabilidade, Assessoria e Auditoria
Setor Comercial Sul, Quadra 01, Bloco "i", Salas 702, 703 e 704, Edifício Central, Asa Sul, Brasilia, DF 70304-900
Tel.: (61) 3964-9328 / 3244-4605 / 3224-4041 / 99279-1914 (claro)